Arquivo do mês: agosto 2011

Novos rumos do Teatro Baiano – por Bira Vidal

Entre espetáculos de comédia, de drama, musicais e infantis, o teatro baiano vem se renovando ao passar dos anos, trazendo novos talentos para a cena cultural e reforçando a imagens de alguns artistas já estabelecidos no mercado de entretenimento. Esta … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O teatro consagrou e pede passagem!

Com a abertura política, na década de 80, foram implantadas novas técnicas que valorizam e treinam o ator. Houve um aumento qualitativo na dramaturgia baiana, melhoria dos profissionais envolvidos na área, como especialização de produtores e atores. A quantidade de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Nos palcos de cada dia!

Espetáculo Vestido de Noiva, montagem em comemoração aos 25 anos do Curso Livre de Teatro da UFBA e formatura da 25ª turma – Maio, 2011.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Ufba abre a Escola de Teatro

Em 1956, já no Brasil República, a Universidade Federal da Bahia abre o núcleo de estudos de teatro, através da Escola de Teatro, localizada no bairro do Canela. Tem-se, então, a primeira faculdade de teatro do Brasil. Assim, o teatro … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O famoso TCA

Em 1948, o deputado estadual Antônio Balbino foi autor de uma lei que propôs, na Assembléia Legislativa, a construção de um grande teatro. Porém, ela só foi iniciada em 1957, quando o político era governador da Bahia. No dia dois … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A novela continua…

Após o incêndio inexplicável do Teatro São João e o fim do Teatro Politeama Baiano, inaugurado em 1886, a classe artística de Salvador reivindicou, por mais de vinte anos, a construção de um novo complexo cultural para abrigar as artes … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Triste fim do Teatro São João

No século XIX, o teatro mais importante era o São João, onde atualmente está a Praça Castro Alves. Esse teatro pertencia ao governo, era ponto de encontro dos aristocratas e intelectuais, onde funcionou o Conservatório Dramático da Bahia (CDB). O … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário